Piloto de parapente morre após manobra

O piloto de parapente Carlos Faria, de 52 anos, morreu no início da tarde de ontem, durante um campeonato de vôo livre realizado em Governador Valadares (MG). Faria tentou uma manobra arriscada enquanto competia e perdeu o controle do equipamento, caindo de uma altura de 50 metros. Pai de três filhos, ele tinha 15 anos de experiência de vôo e costumava fazer a manobra que o acidentou. O campeonato foi suspenso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.