Piloto morre em queda de helicóptero em SP

O comandante Rene Cibelli Mixeu, de 45 anos, morreu neste sábado depois que o helicópetero que pilotava caiu no aeroporto do Campo de Marte, em São Paulo. Ele fazia um vôo de instrução com Tomas Joi Kim, de 35 anos, que sobreviveu e foi levado pelo Corpo de Bombeiros para o pronto-socorro do Hospital do Mandaqui.O acidente com a aeronave modelo Robson-22, da escola de pilotagem Rangel, aconteceu por volta das 12h18. Amigos do piloto que estavam no local, mas que não quiseram se identificar, disseram que Mixeu era credenciado em segurança de vôo, prudente e metódico. Ele deixou duas filhas.Segundo o médico Rone Antonio Alves de Abreu, chefe de equipe médica do pronto-socorro do Hospital do Mandaqui, Tomas Joi Kim chegou ao hospital com traumatismo craniano leve, queimaduras de segundo grau na perna direita e dores. Foram realizados exames de radiografia e tomografia e seu quadro era estável.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.