Pilotos do jato Legacy depõem na próxima semana

A espera dos pilotos americanos Joe Lepore e Jan Paul Paladino, que estão com os passaportes retidos no Brasil desde a colisão do jato Legacy, que pilotavam, com o Boeing da Gol, matando 154 pessoas, em 29 de setembro, está perto do fim. O delegado da Polícia Federal (PF), Renato Sayão, que apura o acidente, informou na terça-feira, 28, que vai marcar o depoimento dos dois para a próxima semana e, a seguir, eles serão liberados.Sayão afirmou que, mesmo que sejam indiciados por homicídio culposo (sem intenção de matar), os pilotos poderão voltar aos EUA, país com o qual o Brasil tem acordo de cooperação jurídica, até porque o inquérito mostra que eles não agiram com dolo. Mais de 100 folhas em inglês com registros de conversa de Joseph Lepore e Jean Paul Pladino estão sendo traduzidas e analisadas pela Polícia Federal (PF).O material estava com a Aeronáutica e foi repassado à polícia por decisão judicial. Na próxima semana, os quatro controladores de vôo que trabalhavam na torre de comando de Manaus no dia do acidente devem ser ouvidos pela PF, mas as datas ainda não foram definidas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.