Pilotos do Legacy poderão depor na Câmara de Sinop

Comandantes, porém, não são obrigados a comparecer à audiência marcada para os dias 27 e 28 de agosto

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

14 de agosto de 2007 | 14h52

Os pilotos Joe Lepore e Jan Paladino, que comandavam o jato Legacy que se envolveu em um acidente com um avião da Gol, em 29 de setembro do ano passado - e que matou 154 pessoas -, vão depor no fim do mês, na Câmara dos Vereadores de Sinop, em Mato Grosso. O local foi escolhido por ter um auditório de grande porte, que poderá receber a imprensa e todos aqueles que desejem presenciar o depoimento dos pilotos, segundo informações da Câmara dos Vereadores. O pedido foi feito pelo juiz federal Murilo Mendes. As audiências foram marcadas para os dias 27 e 28 de agosto, sempre a partir das 14 horas. A presidente da Câmara, Sinéia Abreu (PSDB), leu durante a sessão plenária de segunda-feira, 13, o documento enviado pelo magistrado solicitando o espaço para os depoimentos. Os pilotos, que não são obrigados a comparecer à audiência marcada, mesmo com o tratado de cooperação entre os dois países, podem ser interrogados por carta rogatória. Nesse tipo de procedimento, o juiz brasileiro envia as perguntas e um juiz americano fica encarregado de questioná-los.  De acordo com assessoria da Câmara, será montado um esquema especial de segurança, inclusive com interdições de ruas ao redor da Câmara.

Tudo o que sabemos sobre:
vôo 1907legacyacidente da gol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.