AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Pimenta Neves planejou matar Sandra, diz dono de haras

O empresário Deomar Setti, dono do haras onde o jornalista Antonio Marcos Pimenta Neves matou a ex-namorada Sandra Gomide em 2000, saiu às 11h45 do plenário do Tribunal do Júri de Ibiúna. Ele havia acabado de depor como testemunha de acusação, no segundo dia de julgamento de Pimenta. Na porta do fórum, em entrevista coletiva, disse ter certeza de que o crime foi premeditado. Segundo ele, no dia do assassinato, o jornalista chegou no haras às 7 horas da manhã e ficou lá até a tarde, quando cometeu o crime. Ele não costumava chegar tão cedo e ficar tanto tempo no local. "Ele me enrolou o tempo todo para esperar a Sandra chegar e matá-la. Eu não tenho vergonha e nem medo de dizer isso".O depoimento seguinte será da mulher dele, Marlei. A tarde deve ocorrer o debate entre acusação e defesa e a expectativa é de que a sentença saia a noite.FundosPimenta Neves chegou ao fórum às 9h15. Diferente de ontem, quando chegou caminhando, hoje o jornalista entrou por trás, no carro de seu advogado. O pai de Sandra, João Gomide chegou cinco minutos depois e disse que estar ansioso pela sentença.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.