AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Pimenta se vê constrangido em casamento

O casamento de Marcelo, de 31 anos, filho do vice-presidente do Supremo Tribunal Federal, IlmarGalvão, e Alyne, de 29, filha do advogado mineiro Gilberto Vaz, sexta-feira à noite, em Belo Horizonte, foi marcado, além daluxuosa recepção para 650 convidados, por um momento de constrangimento para um dos ilustres convidados, o ministro dasComunicações, Pimenta da Veiga.Durante a cerimônia, realizada na luxuosa basílica de Lourdes, Zona Sul da capital, o celebrante dom Décio Zandonade,bispo-auxiliar de Belo Horizonte e responsável pelo setor de comunicação da CNBB, brincou com um dos assuntos que maistrazem dor de cabeça ao governo federal, no momento.Ao falar para os noivos, Dom Décio citou a necessidade de que haja nasociedade um "apagão de pecados" e, sorrindo, comentou que a expressão usada "está na moda", referindo-se à crise do setorenergético.Sério, Pimenta não esboçou reação. Logo após o casamento e os cumprimentos ao bispo, no entanto, reprovou nitidamente aatitude de Dom Décio, balançando a cabeça para os lados ao comentar o caso com um outro convidado.O bispo negou quetenha feito uma provocação ao ministro. "Fiz apenas uma alusão a um problema que todos estamos vivendo", disse.A recepção, no Salão Centenário do Hotel Ouro Minas, cinco estrelas, na Zona Leste de Belo Horizonte, foi considerada pelospróprios organizadores como uma das mais luxuosas já realizadas no local."Fizemos um serviço inédito, um jantar para 650 pessoas com pratos servidos nas mesas e um cardápio personalizado", afirmoua coordenadora de eventos do hotel, Margaret Vaconcelos.Depois de servir canapés e salgados finos, muitos à base de camarão, champagne, vinho e uísque importado, os garçonstrouxeram os pratos individuais, em seqüência: salmão marinado com salada tailandesa, na entrada; pansotti - uma espécie deraviolli - de pato com molho de laranjas flambadas; medalhões de filet com molho de hortelã, como prato principal, e, desobremesa, uma surpresa dos pais da noiva para o ministro Ilmar Galvão."Serviram mousse de cupuaçu, fruta típica do Acre,onde, apesar de ser baiano, passei grande parte da minha vida", disse o ministro.

Agencia Estado,

23 de junho de 2001 | 16h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.