Pintor é preso por estuprar adolescente em Brodowski

O pintor de paredes Marcos Roberto Destido, de 31 anos, foi preso em flagrante na madrugada desta segunda-feira, em Brodowski, região de Ribeirão Preto, acusado de estupro e fornecimento de bebida alcoólica a menores. Duas adolescentes, de 13 e 14 anos, foram atraídas por Destido até a sua residência com a promessa de que receberiam de presente roupas e sapatos. Com uma faca, ele ameaçou as garotas, mas vizinhos ouviram os gritos e chamaram a polícia, que chegou ao local e deteve o pintor. Destido está preso na Cadeia de Santa Rosa de Viterbo. Ele já foi detido anteriormente por estelionato e furto. Por volta de 21 horas deste domingo, Destido encontrou as garotas, por meio de um amigo em comum. O pintor aliciou as duas para que fossem à sua residência. O amigo acompanhou o trio, mas foi embora no início da madrugada. Depois que ele saiu, Destido serviu caipirinha às meninas e, em troca das roupas prometidas, queria manter relações sexuais com as duas. Como houve recusa, ele as ameaçou com duas facas. Os gritos das adolescentes alertaram os vizinhos, que acionaram a Polícia Militar. Quando a PM chegou à residência, as portas estavam trancadas. Após arrombar uma delas, os policiais flagraram Destido estuprando a adolescente de 14 anos no quarto. A outra menina, de 13 anos, intimidada pelas ameaças, estava chorando na sala.

Agencia Estado,

06 Fevereiro 2006 | 18h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.