Piracicaba cancela 4.878 multas

O prefeito de Piracicaba José Machado (PT) anunciou hoje o cancelamento de 4.878 multas de trânsito aplicadas por seis radares móveis e um fixo, no período de 4 a 24 de novembro de 2000. As multas foram revistas porque os técnicos da Secretaria Municipal de Transporte constataram que ocorreram irregularidades no sistema. Os radares fotografavam os veículos, mas não registravam a velocidade e nem o dia e hora que ocorreram a infrações, constataram os técnicos de trânsito. Os motoristas que pagaram a multa terão o dinheiro de volta. Os que ainda não quitaram a dívida com o município serão perdoados. Os pontos acumulados, em função dessas multas, serão subtraídos do prontuário do motorista. A decisão de cancelar as multas foi tomada após parecer emitido pelos procuradores jurídicos do município.Os pontos de fiscalização eletrônica na cidade já causaram muita polêmica. Machado, no segundo dia do seu governo, determinou a desativação do radar móvel, por causa das reclamações. O incidente mais grave, porém, aconteceu no dia 5 de janeiro, quando o comerciante José Luiz Di Iglia levou um tiro no peito de policiais militares ao tentar destruir um deles, localizado na região central da cidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.