Pit bulls atacam e ferem frentista no interior de São Paulo

O frentista Elmer Donizete dos Santos, de 27 anos foi atacado por dois cães da raça pit bull, na tarde de segunda-feira na Vila Hípica, em Patrocínio Paulista, na região de Ribeirão Preto, quando saía para trabalhar. As mordidas de um dos cães, o mais agressivo, causaram ferimentos graves na perna esquerda de Santos, que foi encaminhado ao Hospital Regional, de Franca, onde está internado. O delegado de Patrocínio Paulista, Manir Martos Salomão, abriu inquérito por lesão corporal dolosa (intencional) e a dona dos animais, Cleide Rosa do Couto Vilela, poderá ser indiciada e condenada de dois a quatro anos de prisão. Santos foi a quarta vítima dos cães nos últimos meses.Segundo Salomão, os casos anteriores de ataques também foram registrados na Polícia Civil, mas os inquéritos foram por lesão corporal culposa (sem intenção, por falha na vigilância dos animais) e foram encaminhados ao Juizado Especial Criminal (geralmente as penas são modestas, como pagamentos de cestas básicas). Como os cães são reincidentes, o delegado agora decidiu abrir o inquérito por lesão corporal dolosa. Os depoimentos da vítima, da dona do animal e de testemunhas que tentaram evitar o ataque a Santos devem ocorrer a partir de quinta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.