Pitbull ataca dono na Grande SP

Guardas municipais de Cotia, cidade localizada na região Oeste da Grande SP, tiveram de atirar duas vezes contra a cabeça de um cão da raça Pitbull que atacou seu próprio dono, o estudante David Luciano de Araújo, de 19 anos. O rapaz, que voltava de uma festa, chegou em casa, na Avenida Lions, nº 225, próximo ao centro do município, por volta das 5h, e resolveu dar comida ao animal de estimação, que não o reconheceu e avançou no braço direito de David. A mãe do jovem, vendo a cena, saiu à avenida e pediu socorro a guardas municipais que faziam patrulhamento. Assim que entraram na casa, os guardas não tiveram outro modo a não ser atirar contra o cachorro. O primeiro tiro, na cabeça, não surtiu efeito; foi necessário um segundo disparo contra a cabeça do pitbull para que o animal largasse o braço de David e caísse morto logo em seguida. O rapaz foi levado em estado grave, com o antebraço direito estraçalhado, para o Pronto-Socorro Municipal do bairro do Atalaia. Os guardas municipais disseram que o jovem, que sofrera exposição do osso em razão dos ferimentos e havia perdido o movimento da mão e dos dedos, chegou ao Pronto-Socorro chorando pela morte do cão. O caso será registrado na Delegacia Central de Cotia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.