PL, Prona e PT do B se unem para atingir cláusula de barreira

O Prona, o PL e o PT do B devem se fundir para ultrapassar a cláusula de barreira. Com a fusão, será criado o Partido Republicano (PR). A convenção para formalizar o novo partido será realizada nesta quinta-feira, na sede do PL, em Brasília. O líder do PL na Câmara, Luciano Castro (RR), disse que a fusão dará ao novo partido 26 deputados e três senadores, número suficiente para vencer a cláusula de barreira. Com isso, o PR terá direito a gabinete de liderança, escolha de comissões, direito ao fundo partidário e ao horário eleitoral gratuito, o que é negado às legendas que não alcançaram 5% dos votos no País em pelo menos nove Estados. Castro disse que o PR fará parte da base aliada ao governo.

Agencia Estado,

24 de outubro de 2006 | 21h49

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõeseleições 2006

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.