Plano para extinguir farra dos suplentes está parado

Dois projetos que preveem o fim da farra das suplências vapt-vupt estão parados na Câmara dos Deputados há três anos. As propostas de emenda constitucional do deputado Flávio Dino (PC do B-MA) e do deputado Marcelo Serafim (PSB-AM) proíbem a posse de suplentes durante o recesso parlamentar.

Denise Madueño e Rosa Costa, O Estado de S.Paulo

18 de janeiro de 2011 | 00h00

Ambas as propostas foram apresentadas em 2007, chegaram a ser aprovadas pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), mas não passaram dessa fase de tramitação. A comissão especial para analisar os projetos, criada em 29 de novembro de 2007, nunca chegou a ser instalada. Com o fim da atual legislatura em 31 de janeiro, os dois projetos serão arquivados. Eles podem voltar a tramitar, caso algum dos deputados que assinaram as propostas peça o desarquivamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.