PM detém menores que podem ser de quadrilha do ABC

Cinco adolescentes foram detidos após furto de dois veículos na zona leste da capital paulista e em Santo André. Todos agiam da mesma forma e na mesma região. No início da madrugada desta segunda-feira, o adolescente C.S, de 16 anos, e N.J.S, 12 anos, conseguiram desativar o alarme de um veículo importado Citroen, vermelho, na Vila Industrial - zona leste da capital paulista. O carro estava estacionado em frente a um supermercado na avenida Oratório. Uma hora depois, já em Santo André, na região do grande ABC, na Rua Miguel Gustavo, Jardim Oratório, policias militares viram o Citroen e desconfiaram, enquanto faziam ronda. Os PM mandaram a dupla parar o carro, o que deu início a perseguição. Os garotos acabaram detidos. N.J.S. estava com uma arma de plástico na cintura, répilica de um revólver calibre 45. Poucos minutos depois, ainda em Santo André, na divisa com a cidade de São Paulo, a polícia prendeu três adolescentes que também furtavam carros. L.B.P, 17, e H.M.S, 16, tinham furtado um Gol preto, com placa de Mauá, no Jardim Santo Antônio, também após arrombar a porta do veículo. Alguns minutos depois, em Vila Matarazzo, 2º Sub-distrito da cidade, os adolescentes perderam o controle do veículo e bateram o Gol em uma Parati azul estacionada na rua. Houve troca de tiros, mas os garotos se entregaram. Eles estavam armados com um revólver calibre 38, com a numeração raspada. Pela forma muito semelhante e locais muito próximos entre as duas ocorrências, a polícia acredita que existe uma quadrilha especializa que utiliza adolescentes para roubo e furtos de veículos em Santo André. Os dois casos foram registrados pelo delegado Geroge Amaury Lopes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.