PM do Rio de Janeiro anuncia novo comandante-geral da corporação

Cargo era ocupado por Mário Sérgio Duarte, que saiu após prisão de tenente suspeito de ser mandante da morte de juíza

Bruno Boghossian, O Estado de S. Paulo

29 Setembro 2011 | 17h51

RIO - O novo comandante da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro é o coronel Erir Ribeiro da Costa Filho. Ele foi anunciado como chefe da corporação hoje à tarde, um dia após a exoneração do coronel Mário Sérgio Duarte. Duarte pediu para deixar o cargo após a prisão do tenente-coronel Cláudio Luiz de Oliveira, acusado pela Polícia Civil de ser o mandante do assassinato da juíza Patrícia Acioli, em 11 de agosto.

Costa Filho era o atual superintendente de comando e controle da secretaria estadual de Segurança do Rio. Ele já comandou quatro batalhões da PM fluminense e o 2º Comando de Policiamento de Área (CPA).

Também foram anunciados o novo chefe do Estado-Maior operacional, coronel Alberto Pinheiro Neto, e a nova chefe de gabinete do comando geral, coronel Katia Boaventura.

O secretario de Segurança, José Mariano Beltrame, atribuiu a troca de comando da PM à crise provocada pela prisão do tenente-coronel. Conforme o secretário, Mário Sérgio Duarte foi responsável pela nomeação de Oliveira, apesar de o nome dele ser contraindicado pelo setor de inteligência da própria PM.

"As informações foram passadas ao Mário Sérgio, que fez sua opção. Obviamente, na medida em que você dá autonomia ao comandante, essa pessoa deve ter responsabilidade pela escolha", afirmou Beltrame.

A cúpula da PM também será parcialmente substituída. O coronel Costa Filho já adiantou que o corregedor da corporação, coronel Ronaldo Menezes, será substituído.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.