PM é acusada de matar o marido

A soldado Maria Aparecida da Silva, de 46 anos, do 31º Batalhão da PM, é suspeita de ter matado o marido, o sargento Vitor Henrique da Silva, de 49, do 44º Batalhão, com golpes de pé-de-cabra. Ele foi encontrado morto, ontem, no sobrado do casal, em Guarulhoso. Ela tinha hematomas no rosto. Maria, que está hospitalizada, disse que houve um assalto, mas peritos da Polícia Civil constataram que a porta da casa não foi arrombada. A hipótese é de crime passional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.