PM e assaltante morrem em tiroteio no Rio

Um policial militar e um assaltantemorreram hoje em um assalto, seguido da invasão de um prédio na Tijuca, na zona norte do Rio. O sargento da Polícia MilitarOmyrmar Rosa da Silva, de 45 anos, e Márcio Mendes da Silva, de30 anos, morreram após tiroteio. Eles foram feridos em meio anegociações para a libertação de quatro reféns, mantido porMendes. Márcio Mendes, que usava um carro roubado para fugirdepois de assaltar um policial à paisana na Praça Tiradentes, noCentro do Rio, foi encurralado e pulou um muro do prédio na ruaSenador Furtado, para se esconder. Ele manteve quatro pessoasreféns por uma hora e meia, entre elas duas meninas, de 9 e 15anos. "A porta estava aberta, e ele entrou falando que estavase escondendo. Estava com uma arma, mas não chegou a apontá-lapara a gente", disse o porteiro do prédio, Jorge Ferreira, umadas vítimas. Segundo o capitão do 13º BPM (Praça da Harmonia)Nelson Silva França, porém, depois de uma hora e meia denegociações o bandido ameaçou sair com uma arma apontada para acabeça de um dos filhos de Jorge, José Rodrigo da Silva Ferreira de 33 anos."De repente ele começou a atirar", disse ocapitão. No tiroteio o policial e o bandido acabaram morrendo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.