PM e assaltantes trocam tiros dentro de um carro

Na zona sul de São Paulo, o policial militar Sérgio Antonio Bezerra e a filha de 3 anos estavam em seu auto Gol, deplaca DFR-2213, dirigido pela esposa Marli Aparecida Lazaro, que trafegava, na noite desta sexta-feira, pela Rua das Grumixamas, no bairro doJabaquara, quando o veículo foi interceptado pelo Corsa prata, de placa DAQ-0502.O Corsa tinha sido roubado em área do 43º DP - no bairro de Cidade Ademar, na zona sul de São Paulo, e era ocupado por dois homens.Marli apanhou a filha no colo e conseguiu correr. Os ladrões - posteriormente identificados como sendo José Carlos Pereira Barreto, de 18 anos, e o adolescente C.F.M.O., de 16 - não lhe deram importância.Entraram no carro, onde Sérgio ainda se encontrava, e, enquanto um eles assumia a direção, o outro exigia que o policial lhe entregasse a carteira e o relógio.Este obedeceu, mas antes que eles vissem sua carteira funcional, sacou a própria arma e começou a atirar. Um dos marginais pulou para o banco de trás e trocou tiros com o PM, atingindo-o no ombro.Sérgio, mesmo ferido, acertou-o com dois disparos. O ladrão que estava ao volante chegou a apanhar a arma do comparsa, mas acabou sendo atingido também por três projéteis.Pouco depois chegava ao local uma viatura da Polícia Militar, e os marginais foram socorridos ao Pronto-Socorro do Jabaquara. o assaltante José Carlos morreu, e o adolescente ficou internado em estado grave.No 35º DP - Vila Guarani, o delegado Carlos Cesar Rodrigues registrou o fato. Sérgio, depois demedicado, foi liberado e, já na madrugada, prestou depoimento naquela delegacia. O Corsa foi devolvido ao proprietário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.