PM é assassinado a facadas em Araçatuba

O ex-soldado da Polícia Militar Devanir Rocha da Silva Júnior, 28 anos, foi assassinado hoje em sua casa, no Jardim Presidente, periferia de Araçatuba, durante um suposto assalto. A mulher de Silva, Rosicléia Aparecida Zafalon Rocha, foi quem encontrou o cadáver, por volta de 11h30, ao chegar para o almoço. Silva estava com as mãos algemadas para trás e tinha uma faca de 30 centímetros cravada nas costas. Também havia sinais de facadas em outras partes do corpo.A Delegacia de Investigações Gerais de Araçatuba informou que foram levados da residência um Fiat Tipo com placa de São Paulo e um telefone celular. O carro foi encontrado abandonado no início da tarde de hoje na periferia da cidade e, segundo a polícia, era produto de roubo. A casa do ex-soldado tem muros altos e nenhum vizinho teria visto estranhos entrando ou saindo do local. Ainda não há qualquer pista sobre os autores do crime.De acordo com informações prestadas pelo 28º Batalhão da Polícia Militar de Andradina, a 120 quilômetros de Araçatuba, o ex-soldado serviu naquela unidade de 1994 até fevereiro deste ano, quando pediu baixa, dizendo que queria mudar de profissão. Enquanto foi militar, Silva respondeu somente a um procedimento disciplinar, por suspeita de facilitar fuga de presos, mas acabou sendo inocentado por falta de provas. Segundo a mulher de Silva, atualmente ele trabalhava com comércio de carros usados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.