PM é assassinado com tiro na cabeça no Rio

O subcomandante de Policiamento do Interior da Polícia Militar, coronel José Aurélio Brazuna Maciel, foi assassinado com um tiro na cabeça na madrugada deste sábado, dia 1º, enquanto dirigia seu Eco Sport na Avenida Brasil, perto da favela do Batan, em Realengo, zona norte do Rio de Janeiro. O PM chegou a ser socorrido, mas não resistiu, morrendo no caminho do Hospital Albert Schweitzer.Na madrugada, a polícia encontrou um carro abandonado na Avenida Brasil perto do local do crime, que pode ter sido usado pelos assassinos. O assassinato é investigado por agentes da Delegacia de Realengo, onde duas testemunhas devem prestar depoimento no início da tarde. As buscas à procura dos criminosos continua sendo feita pela PM.O sepultamento do corpo do coronel está previsto para o fim da tarde deste sábado, no cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.