PM é assassinado em padaria em São José dos Campos

O soldado Luiz Cláudio Narciso, de 33 anos, foi brutalmente assassinado com três tiros na cabeça, dentro de uma padaria, no Jardim Paraíso do Sol, em São José dos Campos. O crime aconteceu na noite de domingo. Por volta das 22 horas, o policial estava dentro da padaria quando um homem armado chegou de bicicleta, deu três passos em sua direção e disparou três tiros na cabeça do PM, que estava de costas. O autor ainda deu vários tiros pra cima e fugiu na bicicleta. Na manhã de hoje, a padaria permaneceu fechada e nenhum funcionário ou proprietário quis comentar o assassinato.O Comando da PM de São José dos Campos abriu sindicância para apurar o crime. O comandante interino da Polícia Militar, major José Carlos Marcondes de Souza, disse que a morte foi um caso isolado e não tem relação com os ataques à policiais ocorridos há duas semanas na capital paulista. "Foi um caso isolado, talvez por problemas pessoais, que ainda estamos investigando, mas não há nenhuma relação com o caso de São Paulo". A vítima trabalhava na Primeira Companhia do 46º Batalhão da PM, era casado e tinha uma filha de 5 anos. O corpo foi levado para a cidade de Cruzeiro, onde será enterrado hoje às 17 horas no cemitério municipal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.