PM é baleado na cabeça dentro de viatura na zona oeste do Rio

Policiais estavam checando denúncia de que homem fazia disparos da janela de um prédio na Vila Vintém

Ricardo Valota, da Central de Notícias,

23 de outubro de 2009 | 03h18

Um cabo do 14º Batalhão, de Bangu, identificado João Marcelo Cardoso Caldeira, foi atingido por um tiro na cabeça, por volta das 21 horas desta quinta-feira, 22, quando se aproximava de um prédio na Rua I, na Vila Vintém, zona oeste do Rio.

 

Veja também:

link  Competição no mercado de drogas alimenta violência no Rio, diz 'Economist'

 

Segundo a Polícia Militar, uma pessoa ligou para o Centro de Operações da corporação e afirmou que um desconhecido estava à janela de um prédio, de onde realizava disparos de arma de fogo. Uma viatura do 14º Batalhão foi até o local. Quando os PMs aproximaram do prédio, outros tiros foram disparados; um deles atingiu a cabeça do cabo, que ainda estava na viatura.

 

Em estado grave, o policial Caldeiras foi levado para o Hospital Albert Schweitzer, em Realengo, e só seria transferido para o Hospital Central da Polícia Militar (HCPM), no Estácio, zona norte, após o término da cirurgia e estabilização so quadro clínico do policial.

 

Reforço policial foi acionado e o prédio de onde partiram os tiros foi cercado pelas viaturas. Douglas Franco Pituba, de 18 anos, o suposto autor do disparo que atingiu o policial, foi baleado pela PM e morreu no mesmo hospital para onde o cabo foi levado. Uma pistola e 61 papelotes de cocaína foram apreendidos com Pituba.

Tudo o que sabemos sobre:
PMtiroRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.