PM é executado ao sair de padaria na zona leste de SP

Cercado por três homens armados de pistolas, o soldado Silvano Tedoro, de 41 anos, que era lotado na 4ª Companhia do 21º Batalhão, base da PM que atende aos bairros de Vila Prudente e Vila Alpina, na zona Leste da capital paulista, não teve como fugir e acabou executado com vários tiros no peito, logo após à 0h deste domingo. Segundo a polícia, o soldado, que estava em seu dia de folga, entrou na Panificadora L&M, localizada na altura do nº 6.500 da Avenida Sapopemba, também na zona Leste, de onde saiu com um saco de pães, parou em um ponto de ônibus ao lado, para esperar por um coletivo, e foi surpreendido pelo trio armado, que desceu de um Gol ou um Celta vermelho, conforme relato de testemunhas. O delegado Pedro Luiz Mathias, do 70º Distrito Policial, do Sapopemba, acredita que os atiradores estivessem seguindo o policial, que pode ter sido vítima de uma vingança de comparsas de algum bandido por ele preso na região, que está na divisa entre as que são atendidas pelo 19º e 21º Batalhões da PM.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.