PM é executado na Baixada Santista

Ao descer do ônibus, na Via Anchieta, por volta de 20h40, na Vila Nova, em Cubatão (Baixada Santista), o policial militar José Raimundo Alves de Sá, lotado no 12º BPMM ? na região do Aeroporto de Congonhas, na capital ?, foi executado com disparos de calibre 9mm. Cinco projéteis desse calibre foram encontrado no local. Havia também um de calibre 380. Peritos concluíram que o PM também disparou contra o agressor, mas sua arma desapareceu.A hipótese de tentativa de assalto foi afastada, pois tudo indica que o policial foi emboscado pelos criminosos, na Rua do Cortume. Ele residia na Rua Eládio Vicente Ferreira, na Vila Nova, e sempre fazia o mesmo caminho, ao retornar de São Paulo. O atirador pode ter levado a pistola pertencente ao PM, que morreu ao ser levado pelo resgate ao Pront-Socorro de Cubatão. O inquérito policial foi instaurado no 3º DP do município.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.