PM é morto a tiros em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense

Testemunhas afirmaram que tiros partiram de um carro Polo preto; Quatro parentes do PM ficaram feridos

Marcelo Auler,

21 Novembro 2009 | 11h39

O policial militar Diogo Moura de Souza, de 26 anos, foi morto a tiros ontem, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Testemunhas afirmaram que os tiros partiram de um carro Polo preto, com quatro tripulantes. Quatro parentes do PM ficaram feridos, entre eles o irmão do morto Rodrigo Souza Moura, 30 anos, também policial, e um menor de 11 anos. Os policiais estavam de folga.

 

No acesso à Favela de Mangueirinha, também em Caxias, vândalos atearam fogo em cinco motocicletas que eram usadas como moto-taxi. Enfurecidos, moradores da comunidade apedrejaram um ônibus e ameaçaram queimá-lo, mas a PM impediu. Em razão disso, o policiamento foi reforçado, o que também causou protesto: Outro ônibus foi queimado por homens armados. Os criminosos, de acordo com a polícia, teriam fugido para a Favela do Jacatirão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.