PM é morto a tiros em São Paulo ao deixar o serviço

O soldado Aparecido de Jesus Fernandes, lotado no 13º Batalhão, foi atacado, por volta das 18 horas de ontem, após deixar o prédio onde trabalhava. Fardado, o soldado seguia a pé pela Rua Hannemann, no bairro do Canindé, região centro-norte da capital paulista, rumo a um estacionamento onde havia deixado seu carro, quando foi surpreendido por dois homens que ocupavam uma moto. Baleado, Aparecido ainda foi encaminhado ao pronto-socorro do Pari. Os criminosos conseguiram escapar. O caso foi registrado no 12º Distrito Policial, do Pari. Está sendo averiguado se a morte do soldado está relacionada a uma discussão da qual o policial havia participado dias atrás.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.