PM é preso acusado de integrar milícia

O secretário de Segurança do Rio, José Mariano Beltrame, determinou ontem a prisão administrativa (por 72 horas) de um sargento do Batalhão de Choque da Polícia Militar, acusado de integrar grupo de milicianos que atua na zona oeste da capital. Imagens do circuito interno de segurança de um shopping da região mostram um homem armado com um revólver e uma pistola, andando pelo estacionamento, aparentemente à procura de um inimigo. Beltrame admitiu se tratar do policial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.