PM é preso por matar um e ferir três em casa de show no Rio

Crime teria ocorrido após um briga no interiror do estabelecimento comercial, em São João de Meriti

Marcela Gonsalves, Central de Notícias

15 Abril 2011 | 16h44

SÃO PAULO - Um cabo da Polícia Militar foi preso nesta sexta-feira, 15, por agentes da Corregedoria Geral Unificada (CGU). Ele é acusado de ter assassinado Jeferson Malvino Antonio, de 28 anos, e ter ferido outras três pessoas, na madrugada de segunda-feira, 11. A agressão aconteceu na porta de uma casa de shows em São João de Meriti, a 25 km da capital.

 

De acordo com o delegado Alexandre Ziehe, titular da 64ª DP, o homicídio teria sido motivado por uma briga que ocorreu no interior do local. Outro policial militar que estava com o acusado foi detido e levado à delegacia para prestar esclarecimentos. A prisão foi possível com base nas imagens do circuito de segurança do estabelecimento, depoimento das testemunhas e quebra do sigilo telefônico do PM que o acompanhava.

 

Com o cabo foi apreendida uma pistola calibre 380. A arma foi enviada à perícia para se apurar se foi utilizada no dia do crime. Contra ele foi expedido um mandado de prisão pelos crimes de homicídio e tripla lesão corporal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.