PM e sem-teto entram em confronto no Recife

Três pessoas foram presas e cerca de 20 ficaram feridas em um confronto entre policiais militares do Batalhão de Choque e trabalhadores sem-teto, na manhã de hoje, no bairro do Fundão, no Recife. Eles protestavam contra a decisão judicial de conceder reintegração de posse de um terreno ocupado há nove meses por 70 famílias do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST). A decisão judicial ainda não foi cumprida e os sem-teto permanecem no local.Os sem-teto atearam fogo em pedaços de madeira e pneus na movimentada avenida Beberibe, interditando o trânsito. Os manifestantes não aceitaram liberar a avenida. A PM pediu reforço para retirá-los do local - um total de 30 homens participou da ação - e teve início o conflito.Os sem-teto jogaram pedras e os policiais usaram bombas de efeito moral. Do total de feridos, cinco são policiais. Um dos presos é menor e foi logo liberado.Menos de uma hora depois de ter sido obstruída, a avenida foi desocupada pelos sem-teto. O líder dos sem-teto, Marcos Cosmo, disse que a reintegração é injusta porque, segundo ele, o terreno não é de um particular, mas do governo federal. "A área pertence ao extinto Iapas", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.