PM encontra possível cativeiro na zona Leste de SP

Policiais militares da Força Tática do 19º Batalhão localizaram, por volta das 19h de ontem, na zona Leste da capital paulista, duas casas que já podem ter sido usadas como cativeiros por uma quadrilha de seqüestradores. Uma denúncia anônima feita à Secretaria de Segurança Pública levou os policiais ao local da casas, localizadas nos números 75 e 79 da Rua Barbeiro de Sevilha, no interior da Favela da Paz, em Vila Rosa, região do Sapopemba, na zona Leste. No interior das casas, os policiais militares da viatura M-19082, sob o comando do sargento Oliveira, apreederam duas metralhadoras, uma Urca e outra Uru, ambas nacionais; duas espingardas calibre 12, CBC e Rossi, também nacionais; um par de algemas, um colete à prova de balas, sem identificação; seis celulares e duas linhas de telefone clandestinas. No teto da sala de uma das residências, os PMs descobriram uma passagem secreta para um sótão, local onde, segundo a Polícia Civil, já foi ou seria usado como cativeiro. "Encontramos também uma lista com números de telefones e nomes possivelmente de presos; mas não sabemos ainda de onde," disse o sargento da PM.Todo o material apreendido foi levado ao 70º Distrito Policial, do Sapopemba, de onde seguirão agora as investigações. Nenhum suspeito foi detido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.