PM escapa de emboscada e invade favela no ABC

Após escaparem de uma emboscada, policiais militares do 6º Batalhão invadiram, com dezenas de homens e viaturas, a Favela de Vila Industrial, localizada ao lado da Favela do Jardim Farina, em São Bernardo do Campo, ABC paulista, nesta madrugada. Uma ligação anônima feita à Base Comunitária da PM, localizada ao lado da favela, informou os policiais que um veículo Volkswagen Polo, placas CNB 2906/SP, roubado, estaria abandonado na Rua Américo Vieira Souza, na entrada da favela. Cinco viaturas da Polícia Militar foram para o local e, quando os policiais levantavam os dados do veículo, foram recebidos a tiros de fuzil, mas nenhum dos disparos atingiu os PMs. Reforço foi solicitado e dezenas de policiais e viaturas invadiram a favela atrás dos bandidos. Após intenso tiroteio, ninguém foi detido e o veículo localizado, roubado em Santo André, foi levado ao pátio do 1º Distrito Policial de São Bernardo do Campo.FarinaO fato que levou os policiais a montar um gigantesco cerco hoje na favela de Vila Industrial foi o ocorrido na madrugada do último domingo na Favela do Jardim Farina, que fica ao lado. Após prender um homem por porte ilegal de arma, 16 policiais decidiram subir a pé uma viela. O tenente Douglas Alfredo Silva, 36, que estava na frente, foi atingido na cabeça por um tiro de fuzil e acabou morrendo. O sargento Eduardo Nelson Parra Marim ficou ferido no rosto e na perna direita. No confronto, 5 traficantes foram mortos. O conflito ocorrido neste dia, foi o pico de uma semama de ameaças feitas pelos bandidos contra a polícia. Um dos acusados mortos teria telefonado para a Base Comunitária e dito que iria explodi-la.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.