PM estoura cativeiro, liberta refém e prende 3 na zona norte

Mulher foi sequestrada na Casa Verde; bandidos sacaram dinheiro e fizeram compras

Daniela do Canto, O Estadao de S.Paulo

22 de abril de 2009 | 00h00

Dois homens foram presos e um adolescente de 16 anos foi apreendido, na madrugada de ontem, acusados de participarem do sequestro de uma analista de Marketing, de 30 anos, na região da Casa Verde, zona norte de São Paulo, cinco horas antes. Os policiais chegaram ao cativeiro, na Favela do Agreste, zona norte, depois da prisão de um dos criminosos.A vítima foi abordada quando chegava à casa de uma amiga na Vila Baruel, por volta das 19h30 de segunda-feira. A amiga desceu do veículo, um Fox vermelho, para pegar as chaves da garagem. Assim que ela entrou, Willian Simões Videira, de 21 anos, e o adolescente renderam a vítima, no carro. Ela foi obrigada a passar para o banco do passageiro. Segundo policiais militares da 2ª Companhia do 9º Batalhão, Videira assumiu a direção e o menor, armado, foi para o banco traseiro.Depois de obrigar a refém a passar a senha bancária, os bandidos foram a uma agência. Videira desceu do veículo para fazer o saque e ela ficou no carro com o adolescente. Nesse momento, o telefone da analista tocou e o alarme do carro disparou. Nervoso, o menor desceu e ordenou que a refém permanecesse no veículo. "Eu fiquei com medo de correr", disse a vítima.Enquanto estava sozinha no carro, a refém conseguiu avisar a amiga - que já havia dado por sua falta quando voltou com as chaves da garagem e não encontrou o carro - por telefone sobre o sequestro. A amiga avisou, então, a polícia. Quando os dois criminosos voltaram, a vítima foi levada primeiro a uma residência e, em seguida, a uma construção na favela. Ela contou que, além dos R$ 500 que foram sacados da conta, os bandidos usaram o cartão de crédito, com limite de R$ 2 mil, para compras. "Mas não sei em que usaram e quanto gastaram."No cativeiro, a analista foi mantida sob a vigilância do adolescente. Por volta da 0h30, durante um patrulhamento, uma viatura da 2ª Companhia do 9º Batalhão se deparou com o Fox da vítima, na esquina das Ruas Professora Nícia de Paula com Dario Ribeiro, na Casa Verde. Como os policiais já sabiam do sequestro, fizeram uma abordagem e prenderam Guilherme Abreu da Silva, de 18 anos, que dirigia o veículo. Ele indicou o local onde estava a vítima - e afirmou que sua função seria apenas a de se livrar do Fox.Na prisão, o carro era escoltado por um Fiesta prata, dirigido por Videira, preso na região. Após 15 minutos, os PMs chegaram ao cativeiro. O adolescente de 16 anos tentou fugir ao perceber a aproximação da polícia, mas foi detido. A vítima foi resgatada sem ferimento e o caso foi registrado no 40º Distrito Policial (Vila Santa Maria).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.