PM estoura cativeiro na zona leste de SP

Policiais militares prenderam seis bandidos e mataram um para libertar um fisioterapeuta de 24 anos, que pediu para não ser identificado e estava sendo mantido refém dentro de um barraco, na zona leste de São Paulo.O fisioterapeuta estava em seu carro ontem à noite quando foi surpreendido por quatro bandidos, que o levaram, em seu carro, para a Favela da Vila Alamaba, em São Miguel Paulista.Horas mais tarde, a polícia encontrou três dos quatro assaltantes com o carro da vítima. Os ladrões se entregaram e levaram os policiais até o cativeiro.Na entrada do cativeiro, um suspeito, de 24 anos, negro, armado com uma pistola 380, começou a disparar ao ver um dos policiais militares. Ele acabou sendo morto durante tiroteio com o policial.Os bandidos tentaram realizar saques com os cartões do fisioterapeuta, que foi mantido refém por mais de 4 horas, mas não conseguiram roubar nenhum dinheiro.Dentro do barraco onde o fisioterapeuta era mantido refém, foram presos outros três bandidos. Os seis detidos são: Róbson Aparecido Januário, 23, Wágner Patrício da Silva, 20, Reginaldo Furtado dos Santos, 31, Alex Ferreira Borges, 19, Luiz Carlos dos Santos, 34, e um menor, de 16 anos. O caso foi registrado no 50º Distrito Policial, de São Miguel Paulista, onde os sequestradores foram indicados por roubo qualificado, formação de quadrilha, corrupção de menores e resistência à prisão. O menor será encaminhado à Febem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.