PM evita assalto e morre atropelado por criminosos em BH

Depois de frustrar um assalto na região oeste de Belo Horizonte, um policial militar foi atropelado e morto pelos criminosos na noite de domingo, 7. O soldado Samuel Emídio Ferreira, de 31 anos, estava de folga, à paisana, quando percebeu que uma mulher era assaltada por dois homens na rua Platina, bairro Prado. O militar trocou tiros com os assaltantes, que fugiram. Um deles foi baleado no ombro. Pouco depois, quando Ferreira e a mulher aguardavam o reforço policial, um dos criminosos retornou em um automóvel Monza roubado e atropelou os dois. O policial morreu no local e a mulher sofreu fraturas nas duas pernas e na bacia. Ela foi levada para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII e submetida a uma cirurgia. O soldado era lotado na 126ª Companhia do 5º Batalhão da PM. Seu corpo foi levado para o Instituto Médico-Legal (IML) e será enterrado nesta terça-feira, 9. Até a tarde desta segunda, nenhum suspeito do crime havia sido preso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.