PM liberta refém na zona sul de SP

Policiais militares da 02ª Companhia do 01º Batalhão conseguiram libertar ontem à noite a estudante Emanuela Celina, de 15 anos, que havia sido seqüestrada por dois desconhecidos, na tarde da última quarta-feira, quando saía do colégio. Ela foi levada pelos bandidos para o interior de um barraco da Favela do Jardim Bandeirantes, na região do bairro de Pedreira, próximo à represa Bilings, zona sul da capital paulistaOntem à noite, policiais militares receberam uma denúncia anônima sobre a localização do cativeiro. Dois seqüestradores foram presos, entre eles, um adolescente. Um terceiro bandido, segundo a polícia, teria fugido com as armas utilizadas no seqüestro.Emanuela ficou mais de três dias sem comer e saiu do cativeiro muito debilitada. A princípio, os bandidos exigiram R$ 300 mil da família para liberar a estudante, depois reduziram o valor para R$ 100 mil. De acordo com a polícia, os dois bandidos presos pertencem a uma quadrilha de pelo menos 10 pessoas que, nos últimos meses, já teria realizado 15 seqüestros-relâmpagos e pelo menos quatro seqüestros com resgate.O caso foi registrado no 92º Distrito Policial, do Parque Santo Antônio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.