PM liberta vítima de seqüestro e prende três em SP

Policiais militares do 22º Batalhão da PM libertaram por volta das 16h30 uma pessoa que era mantida refém em um cativeiro no no Jardim Domitila, na zona sul da capital paulista. Em entrevista ao vivo no programa Cidade Alerta, da TV Record, o delegado Antônio Deolim, da Delegacia Anti-Seqüestro (DAS), disse que a vítima era um rapaz de 24 anos, filho de um empresário paulista do ramo de comércio e distribuição de bebidas. Ele teria sido seqüestrado há nove dias.A identidade da vítima não foi divulgada. De acordo com o Cidade Alerta, o rapaz foi até a janela do banheiro da casa e começou a gritar para os moradores, mostrando que estava com as mãos amarradas. As duas mulheres que tomavam conta do cativeiro saíram na rua e disseram para os moradores que o rapaz estava rezando e que ele teria problemas mentais. Elas foram presas em flagrante. No cativeiro, policiais encontraram várias placas de veículos e também um álbum de fotografias de homens e mulheres armados, supostamente os membros da quadrilha envolvida neste seqüestro. O caso será investigado pela Delegacia Especializada Anti-Seqüestro (DAS).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.