PM livra casal de seqüestro-relâmpago

Os ajudantes gerais José Bezerra Cavalcanti, 24, e Francinaldo Belo, 30, foram presos por policiais militares no final da noite de ontem, quando faziam um casal de estudantes refém durante um seqüestro-relâmpago na zona leste da capital. Armados com uma pistola calibre 380, de brinquedo, os bandidos renderam os estudantes, de aproximadamente 25 anos cada, que preparavam-se para entrar em um Pálio cinza, estacionado no Largo São José do Belém, centro comercial do Belenzinho.Já eram 23h, quando a dupla entrou no veículo e mandou o rapaz seguir em direção ao bairro do Tatuapé, pela avenida Radial Leste. Policiais da 3ª Companhia do 11º Batalhão, em patrulhamento próximo ao Shopping Tatuapé, desconfiaram do veículo e ordenaram que todos descessem do Pálio.Como estavam com uma pistola de brinquedo, os dois ladrões não tiveram como reagir e acabaram presos. Já em posse dos bandidos, foram recuperados documentos, cartões de crédito, dinheiro e bolsa das vítimas, cujos nomes não foram divulgados pela delegada a pedido do casal.Cavalcati e Belo, que nunca haviam sido presos por crime algum, estão detidos no 30º Distrito Policial, do Tatuapé, onde foram indiciados por roubo qualificado, com seqüestro, pela delegada Andréia Arnosti.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.