PM mineira prende suspeito de chacina em Betim

Os corpos das vítimas - parcialmente carbonizados - foram encontrados no início da manhã de terça-feira

Eduardo Kattah, da Agência Estado,

30 de julho de 2008 | 19h32

olícia Militar prendeu, na madrugada desta quarta-feira, 30, um homem suspeito de ser o mandante da chacina contra seis jovens em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte. Cleidimar Carvalho Ferreira, de 27 anos, foi preso após uma denúncia anônima. Em depoimento, ele confirmou a participação no assassinato dos seis jovens. Cleidimar, conforme a PM, contou que os jovens foram mortos porque não teriam obedecido à ordem de não vender drogas de uma facção rival.   Com o suspeito e em sua residência, no bairro São Caetano, em Betim, os policiais militares apreenderam 249 papelotes de cocaína, três cartuchos intactos de munição 9 milímetros e R$ 144 em dinheiro. Ele foi autuado em flagrante, por tráfico de drogas e posse de munição de calibre restrito.   Os corpos dos jovens - parcialmente carbonizados - foram encontrados no início da manhã de terça-feira. Eles estavam dispostos ao lado de uma linha férrea, nas proximidades de um campo de futebol, no bairro Alvorada. Nesta quarta, a Polícia Civil divulgou a identidade da vítima Rodrigo Ferreira Nascimento, de 16 anos. As outras cinco vítimas que já haviam sido identificadas tinham entre 18 e 23 anos. Os jovens, que estavam com as mãos amarradas para trás, foram assassinados a facadas, pedradas e com tiros na cabeça.   A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar as causas e circunstâncias da chacina. No início desta noite, Cleidimar ainda prestava depoimento na Delegacia Especializada de Homicídios de Betim.

Tudo o que sabemos sobre:
polícia militarchachinaviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.