PM morre baleado ao defender pizzaria em Diadema

À paisana, em seu dia de folga, o soldado João Batista de Souza, 31, lotado no 23º Batalhão da Polícia Militar, resolveu fazer um serviço extra e acabou morto no interior de uma pizzaria ao tentar evitar um assalto. O crime ocorreu por volta das 23h30 de ontem, no interior da Natalia´s Pizzaria, localizada na rua João Ribeiro, no Jardim Piraporinha, região central do município de Diadema, no grande ABCD paulista.Armado com um revólver calibre 38, Adriano Damas, 19, entrou no estabelecimento comercial, que pertence ao primo do policial, identifcado apenas como Jaime, e foi direto ao caixa para roubar a féria do dia. Na tentativa de defender o comércio do próprio primo, o soldado deu voz de prisão ao assaltante e acabou baleado na barriga. Antes de cair, Batista ainda atirou contra Damas, atingindo-o no peito.Policiais do 24º Batalhão ainda encaminharam o colega ao Pronto-socorro central de Diadema, onde o soldado morreu logo após dar entrada. Adriano, que completaria 20 anos de idade hoje, não resistiu aos ferimentos e morreu no no Hospital Público de Diadema, onde foi socorrido. O caso foi registrado no 3º Distrito Policial da cidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.