PM ocupa pontos de venda de drogas na zona norte de SP

Tropas especiais da Polícia Militar ocupam, desde às 7 horas desta quarta-feira, 20, pontos de venda de entorpecentes na oitava Operação Saturação, que desta vez acontece na Vila Santo Antônio, no Parque Taipas, zona norte de São Paulo. O principal objetivo é coibir o tráfico de drogas na região. Segundo o coronel Joviano Conceição Lima, que comanda a operação, a ocupação permanecerá por tempo indeterminado. O posto de comando foi montado na altura do número 6.800 da Avenida Deputado Cantídio Sampaio.ResultadosA última operação desse tipo foi realizada entre os dias 11 de julho e 30 de agosto no Morro do Samba, em Diadema, na Grande São Paulo, local considerado importante ponto de tráfico de drogas dominado pelo Primeiro Comando da Capital (PCC). Após 51 dias de ocupação, cinco criminosos procurados pela Justiça foram capturados e outras 22 pessoas foram presas por tráfico, porte de entorpecentes, furto e lesão corporal. Os policiais também apreenderam um quilo de crack, três armas de calibre 38 e 167 munições de vários calibres. Segundo a PM, o número de roubos na região do Morro do Samba caiu 51% neste período em relação a agosto de 2005. As outras operações ocorreram na favela Paraisópolis, zona sul de São Paulo, no período de 8 de julho a 18 de agosto de 2005; a segunda, de 28 de agosto a 13 de outubro de 2005, foi nas favelas do Jardim Elba, zona leste da de São Paulo e Tamarutaca, em Santo André. A terceira teve início em 25 de outubro e terminou em 16 de dezembro, na favela Pantanal, zona sul da Capital.Em 2006, a primeira foi no Guarujá nas Vilas Zilda, Baiana e João Guarda no período de 3 a 27 de janeiro, a segunda no Parque Novo Mundo no período de 23 de fevereiro a 6 de abril e a terceira na favela do Buraco Quente e Jardim Colombo II, zona sul de São Paulo, no período de 5 de maio a 4 de julho, além da quarta realizada em Diadema.Os objetivos das operações são traduzidos no combate contínuo ao tráfico de drogas, roubos, furtos e prevenção de crimes relacionados às drogas, tais como porte ilegal de armas, porte de entorpecentes, homicídio, receptação entre outros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.