PM prende suposto integrante do PCC em Guarulhos

A Polícia Militar prendeu na tarde desta quinta-feira, em Guarulhos, um suposto integrante da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), queteria atuação voltada para São Paulo.De acordo com a PM, Marcos Roberto de Almeida, 36 anos, conhecido como Tuta, que pertenceria ao primeiro escalão da organização criminosa, foi preso por volta das 14 horas por conta do monitoramento da atividade de inteligência da PM. Com ele estavam Adriana Cristina dos Santos e a suposta traficante de drogas Ana Vitória, que portavam documentos falsos. No momento da abordagem, Almeida ofereceu aos policiais das Rondas Ostensivas Tobias Aguiar (Rota) a quantia de R$ 50 mil para que os agentes não efetuassem a prisão. O veículo em que os suspeitos estavam tinha as placas adulteradas de São Paulo para Santo André. De acordo com informações policiais, o preso atuava nas zonas sul e oeste da capital paulista e tem em sua ficha crimes como homicídios, roubos, extorsão mediante seqüestro e outros. Ele já cumpriu Regime Disciplinar Diferenciado por 360 dias, na Penitenciária de Avaré, e estava foragido desde o dia 11 de setembro do ano passado, quando conseguiu escapar do Centro de Detenção Provisória de Pacaembu, onde cumpria pena em regime semi-aberto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.