PM preso por atirar em rapaz, em Jundiaí

O policial militar André Luiz Santana, foi preso agora há pouco em Jundiaí, por tentativa de homicídio. Ele abordou, à paisana, o operador de radiografia Paulo Henrique dos Santos Canessa, de 23 anos, quando o rapaz urinava na calçada de uma padaria, no bairro do Retiro. Durante a abordagem, André atirou na perna de Paulo.O delegado Glauco Rufino, do 5º DP., considerou que o policial cometeu a tentativa de homicídio, porque uma funcionária da Unidade Básica de Saúde, onde Paulo iria se consultar, Lúcia Siniscalchi, disse à polícia que também foi ameaçada de morte. Ela exigiu que o soldado da PM mostrasse sua credencial após atirar na vítima.O policial militar alegou que a vítima tinha reagido à sua abordagem, tentanto arrancar o revólver de sua mão. A família de Paulo disse que ele tem infecção urinária e não consegue ficar muito tempo sem ir ao banheiro. Por isso ele estava indo até à unidade de saúde. O policial preso ficará no Presídio Romão Gomes, na Capital.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.