PM preso por tentativa de homicídio na zona Sul

O soldado Júlio César da Silva, 25, lotado na 01ª Companhia do 34º Batalhão, foi preso, por volta das 18h de domingo, na zona Sul da capital paulista, sob a acusação de tentativa de homicídio contra quatro jovens, fato ocorrido às 4h50 da manhã do mesmo dia. O policial, que fazia bico de segurança na lanchonete Frango Frito, localizada na Avenida Guido Caloi, região da Guarapiranga, perseguiu o veículo em que estavam os jovens e, portando duas armas, conseguiu atingir Alexandro Dias Mendes, 24, e Enéas Epaminondas de Albuquerque, 27.Segundo boletim de ocorrência registrado no 92º Distrito Policial, do Parque Santo Antonio, o grupo recusava-se a pagar a conta, o que fez o dono do estabelecimento pedir ao seu funcionário, o policial, que retirasse os clientes da loja. O grupo acabou pagando a conta e saiu em disparada em um veículo Gol, no qual voltaram minutos depois e, fingido estarem armados, ameaçaram o segurança que estava em frente à lanchonete.O soldado começou a perseguir os jovens e, na altura do nº 1400 da Avenida Guarapiranga, houve a tentativa de homicídio. Os dois jovens foram levados para o Pronto-socorro do Hospital Regional Sul, em Santo Amaro, onde Alexandro continua internado em estado grave. A Corregedoria da Polícia Militar foi acionada e acabou detendo o soldado em sua própria casa, onde as armas usadas no crime foram localizadas. O soldado foi encaminhado ao Presídio Romão Gomes, da Polícia Militar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.