PM procura acusados de aliciar menores

A Polícia Militar de Marília, no interior de São Paulo, procura pelos ladrões conhecidos como "Du Floriano" e "Robertinho" que estariam aliciando menores de 4 a 10 anos para os auxiliar na prática de furtos a residências de universitários. Hoje, o comandante da 1ª Companhia da Polícia Militar, tenente Sugar Ray Robson Gomes, disse que o caso foi registrado na Delegacia de Investigações Gerais (DIG) como corrupção de menores, mas lembrou que ainda não há provas conclusivas.No último dia 25, os policiais militares Padula e Souza, que faziam ronda pela cidade localizaram, por volta de 19h30, cinco crianças que transportavam, numa sacola de supermercado, diversos objetos roubados, segundo contaram, da casa de um universitário que estava de férias. "Eram três irmãos de 4, 5 e 10 anos e uma menina de 9 anos", disse o tenente. Segundo ele, a criança de 5 anos usava uma chupeta.Na casa do estudante, apontada pelas crianças, a polícia notou que houve arrombamento de uma porta e que os menores não teriam como provocar o dano. Elas teriam atribuído a autoria a "Du Floriano" e "Robertinho", que, segundo a PM, têm diversas passagens pela polícia. "Agora que o caso foi divulgado, eles fugiram", disse o oficial. O oficial informou ainda que as crianças foram entregues aos pais. Hoje, nenhum integrante do Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente foi localizado para falar a respeito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.