PM reformado é morto na zona Sul

Atingido por vários tiros disparados por três homens no momento em que saía de casa, ao lado da noiva, por volta das 21h desta quarta-feira, na região do Capão Redondo, zona Sul da capital paulista, o cabo reformado da Polícia Militar, Divino Antonio Batistel, de 47 anos, pode ter sido vitima de uma vingança.Sem dizer nada, o trio, a pé, aproximou-se do casal de noivos, na Rua Serra do Pilar, no Jardim Macedônia, e começou a atirar. O alvo dos criminosos, segundo testemunhas, parecia ser apenas o ex-policial militar, mas fragmentos das balas atingiram a noiva de Divino. Ambos foram levados para o Pronto-socorro do Hospital Campo Limpo, onde o cabo morreu.De acordo com a polícia, o depoimento da jovem, que continua internada e consciente, poderá ajudar nas investigações. A polícia acredita em crime motivado por desavença. Divino se aposentou pela PM há 14 meses. O caso foi registrado no 47º Distrito Policial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.