PM tenta impedir invasão de traficantes rivais a comunidades no Rio

Comandante determinou operação após informações do serviço de inteligência

Tiago Rogero , estadão.com.br

19 Agosto 2011 | 10h40

RIO - Cerca de 200 policiais de sete batalhões realizam operação na manhã desta sexta-feira, 19, para evitar a invasão de traficantes rivais a comunidades da zona oeste do Rio. A ação acontece nos morros da Pedreira, Carobinha, Vila Kennedy, Jordão, Faz Quem Quer, Rola e Largatixa, que fazem parte da área monitorada pelo 2º Comando de Policiamento de Área (CPA).

 

O comandante do 2º CPA, Coronel Aristeu Leonardo, determinou a operação após receber informações do serviço de inteligência de que traficantes planejavam invadir as comunidades. Além dos sete batalhões, todos vinculados ao 2º CPA, também participa da ação o 31º BPM (Recreio), que está fazendo abordagens nas ruas da Barra da Tijuca e Recreio dos Bandeirantes, também na zona oeste.

 

Pelo menos sete carros blindados estão sendo usados pelos policiais. Quatro homens foram presos e um suspeito, segundo a polícia, morreu a caminho do hospital. Foram apreendidas uma pistola calibre 9mm e também drogas, mas a quantidade não foi divulgada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.