PMs acusados por chacina vão a júri no Rio de Janeiro

Quinze meses depois da Chacina da Baixada, a Justiça do Rio de Janeiro vai fazer o primeiro julgamento dos 11 policiais militares envolvidos no crime em que 29 pessoas foram mortas a tiros nos municípios de Queimados e Nova Iguaçu, em 21 de agosto, no Tribunal do Júri de Nova Iguaçu.O soldado PM Carlos José Carvalho vai responder a acusações de 29 homicídios, uma tentativa de homicídio e formação de quadrilha. A pedido da defesa, com a concordância do Ministério Público, Carvalho será julgado individualmente, assim como poderá acontecer com os outros réus. A motivação do crime nunca ficou clara, o que tornou o trabalho da acusação mais pesado.Enquanto não sai a sentença, permanece no papel a promessa do governo fluminense, de indenizar os familiares das vítimas. A relação dos beneficiados chegou inclusive a ser publicada no Diário Oficial do Estado, no início deste ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.