PMs da Bahia iniciam ''greve branca'' hoje

Os policiais militares da Bahia decidiram iniciar hoje o movimento Polícia Legal e seguir à risca o que determina a Constituição para o cumprimento dos deveres policiais, o que tornará o serviço lento. Eles cobram do governo equiparação com os PMs de Brasília, onde um soldado recebe R$ 4 mil, ante R$ 1,7 mil em Salvador. A decisão é considerada "greve branca". A Secretaria da Segurança não se pronunciou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.