Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

PMs podem ter matado 2 mulheres no Rio

O comandante da PM, coronel Francisco Braz, determinou apuração rigorosa da morte de Veronica Rangel, de 22 anos, e de Glória Guimarães, de 48 anos, atingidas por balas perdidas no final da noite de sexta-feira, durante tiroteio entre PMs e ladrões, na Rua Ana Néri, no Rocha, zona norte do Rio. Há suspeitas de que os disparos que provocaram a morte das mulheres foram feitos pelos PMs, que prestaram esclarecimentos ontem à chefia da corporação.As três armas foram recolhidas para exame de balística. Veronica, mãe de uma menina de 2 meses, e Glória, ex-funcionária do Jornal do Brasil, conversavam em frente a um bar e acabaram surpreendidas com a troca de tiros. Elas foram atingidas na cabeça durante o confronto entre quatro ladrões e o PM e taxista Paulo César Martins de Oliveira, que mantinha em seu carro os criminosos e conseguiu chamar a atenção de outros Pms. Ao descerem do táxi, os traficantes trocaram tiros com os Pms e fugiram a pé, em direção ao Morro da Mangueira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.