PMs são acusados de matar jornalista

Um sargento e três soldados da PM de Porto Ferreira, na região de Ribeirão Preto, foram indiciados pelo homicídio de Luiz Carlos Barbon Filho, em 5 de maio do ano passado. Barbon Filho, que atuava na imprensa local e criticava a PM, recebeu dois tiros de dois homens encapuzados que fugiram de moto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.