PMs são condenados por vender para traficantes são condenados no Rio

Segundo acusação, quatro policiais vendiam cocaína para membros do Comando Vermelho

Tiago Rogero , estadão.com.br

12 Julho 2011 | 10h29

RIO - Quatro policiais militares acusados de vender cocaína para traficantes da facção criminosa Comando Vermelho foram condenados a 8 anos e 2 meses de prisão, cada um, pela 14ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio. A sentença é de 27 de junho.

 

Em fevereiro, eles foram flagrados tentando comercializar a droga e também uma arma, na favela Barreira do Vasco, em São Cristóvão, na zona norte do Rio. Os quatro militares, Kleber Augusto da Conceição, Elias Cotta Regis de Farias, Arésio Moreira Taylor e Marcos André Leal, estão detidos desde fevereiro.

 

Segundo a denúncia do Ministério Público Estadual (MP-RJ), a cocaína seria vendida por R$ 20 mil aos traficantes da comunidade, dominada pelo Comando Vermelho. O homem que intermediaria o negócio também foi condenado. Elias Neo da Costa, conhecido como Juca, teria participado como intermediário em outras transações entre PMs e traficantes, nas favelas do Jacarezinho, Arará e Mangueira. A sentença é em 1ª instância e, portanto, cabe recurso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.